piemonte fm

quarta-feira, 4 de março de 2015

Vídeo mostra enfermeira do Trauma de Campina dançando na ala amarela da unidade

Imagens foram obtidas e divulgadas pelo Cidade Alerta Paraíba, da TV Correio HD; direção do hospital diz que ela e mais três foram demitidos

Cidades | Em 03/03/15 às 19h19, atualizado em 03/03/15 às 19h34 | Por Redação
Reprodução
Trauma diz que ela foi demitida
Uma enfermeira do Hospital de Trauma de Campina Grande, a 125 km de João Pessoa, foi flagrada dançando em horário de trabalho, na ala amarela da unidade. Ela e mais três que a acompanhavam na gravação foram demitidos. Veja o vídeo abaixo.


As imagens foram obtidas e divulgadas pelo Cidade Alerta Paraíba, da TV Correio HD, nesta terça-feira (3). Nas imagens, a enfermeira aparece dançando enquanto é filmada por outros três colegas, que a seguem na brincadeira.

O diretor do Trauma de Campina Grande, Geraldo Medeiros, disse à TV Correio HD que ela estava cobrindo uma colega que havia saído para a refeição e não deveria estar dançando, mas cuidando de pacientes da ala amarela.

Ele condenou a atitude dos quatro, disse que todos eram prestadores de serviço e foram demitidos por conduta indevida no local no trabalho.

Veja a gravação:



A TV Correio HD entrou em contato com a enfermeira que aparece nas imagens, mas ela não quis gravar entrevista nem prestar nenhuma informação sobre a situação.

Menor é detido e confessa que matou sargento do Corpo de Bombeiros após ter praticado assalto

Segundo o delegado Luciano Soares, o adolescente confirmou que atirou no policial porque ele o abordou durante a fuga; quatro pessoas foram detidas; o grupo é suspeito de vários assaltos em Campina Grande

Polícia | Em 04/03/15 às 08h57, atualizado em 04/03/15 às 09h14 | Por Hyldo Pereira
Divulgação
Sargento Antônio morto em Campina Grande
Um adolescente de 17 anos foi detido no final da noite dessa terça-feira (3), na cidade de Campina Grande, no Agreste do estado. Ele confessou que matou o sargento Antônio da Silva, 48 anos, que era lotado no Corpo de Bombeiros da cidade, quando estava em fuga depois de ter praticado um assalto. A versão foi confirmada pelo delegado Luciano Soares, superintendente regional da Polícia Civil. O assassinato aconteceu no dia 20 de fevereiro deste ano.

Segundo o delegado, a Polícia Civil investigava um grupo suspeito de assalto quando localizou quatro homens, sendo dois menores, dentro de uma casa. Houve uma intensa troca de tiros e um dos suspeitos ficou ferido.
“Os policiais receberam uma denúncia de um comerciante que foi assaltado e ainda espancando durante o assalto a um mercadinho. Começamos a investigar e chegamos a uma casa onde estavam quatro homens. Fizemos a abordagem e fomos recebidos à bala. O pessoal é suspeito de vários assaltos na cidade”, falou o delegado.
Ainda de acordo com Soares, as munições dos suspeitos acabaram e eles se entregaram. O grupo foi levado para a Central de Polícia Civil local onde um menor foi reconhecido pelo Núcleo de Homicídios de Campina Grande.
“O adolescente já estava sendo procurado pelo homicídio do sargento. Ele foi interrogado e confessou que matou o sargento quando fugia de assalto. O menor revelou que foi perseguido pelo policial e o alcançou. Durante a abordagem, o sargento ordenou que o rapaz deitasse no chão, mas como não o revistou, o suspeito sacou a arma e atirou contra o sargento”, comentou. O sargento Antônio ainda foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, onde morreu horas depois de receber atendimento médico.

PREFEITO DE ALAGOA GRANDE É MULTADO PELO TCE

Postagem: SATIRO COELHO AYRES/COMANDO DO POVO
A 1ª Câmara do Tribunal de Contas da Paraíba, em sessão ordinária, na tarde desta quinta-feira (23), decidiu pela aplicação de multas a 33 gestores municipais que não cumpriram os requisitos da Lei de Acesso à Informação. As multas variam de R$ 933,33 a R$ 9.366,00 e se referem à falta de informações detalhadas, em tempo real na internet, sobre as execuções orçamentária e financeira dos municípios. A imputação de débito varia caso a caso, de acordo com a observância do cumprimento dos 13 requisitos exigidos na lei. Os municípios foram: Alagoa Grande, Alagoa Nova, Alcantil, Algodão de Jandaíra, Arara, Aroeiras, Belém de Brejo do Cruz, Boa Vista, Bom Sucesso, Brejo do Cruz, Brejo dos Santos, Cabaceiras, Esperança, Jericó, Mato Grosso, Riacho dos Cavalos, Santa Cecília, São Bento, São José do Brejo do Cruz, Barra de Santa Rosa, Cabedelo, Caturité, Cubati, Frei Martinho, Gado Bravo, Mari, Nova Floresta, Pedra Lavrada, Picuí, São Vicente do Seridó, Soledade, Sossêgo e Tenório. Os integrantes da Câmara decidiram ainda pelo encaminhamento de representações às controladorias da União, do Estado e à Procuradoria Geral de Justiça, bem como pela anexação dos autos às respectivas prestações de contas do exercício de 2014. Os primeiros 19 processos foram relatados pelo conselheiro Fábio Nogueira, presidente da 1ª Câmara do TCE. Os demais tiveram a relatoria do conselheiro substituto, Antônio Gomes Vieira Filho. A 1ª Câmara do TCE apreciou 240 processos, entre inspeções especiais, atos de pessoal, verificação de cumprimento de decisão, licitações e contratos. Participaram da sessão o conselheiro Fernando Catão, e os conselheiros substitutos, auditores Antônio Gomes Vieira Filho, Renato Sérgio Santiago Melo e Marcos Antônio Costa. Pelo Ministério Público de Contas, atuou a procuradora Sheyla Barreto Braga de Queiroz. 


Ascom -TCE-PB/ Genésio Sousa 26.02.2015

Piso Nacional dos Agentes de Saúde: possibilidade de aumento a um passo...

O tamanho da luta dimenciona o tamanho da vitória, Samuel Camêlo, coordenador Geral da MNAS

Apesar das informações publicadas pela CONACS, após a última reunião do GT (Grupo de Trabalho), entendemos que é possível mudar o que foi anunciado. Para que tal situação se torne uma realidade, contudo, é necessário que a categoria, que compõe os Agentes de Saúde, ou seja, Agentes Comunitários (ACS’s) e de Combate às Endemias (ACE’s) se unam e busque o estabelecimento dessa correção salarial.

Não estamos colocando aqui algo utópico, uma fantasia inimaginável, antes pelo contrário, seja considerado que já fizemos isso no passado em situações potencialmente piores. Nos referimos a marcha pelo estabelecimento da que hoje se tornou a lei 11.350/06.

Em abril de 2013, a MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde coordenou a maior mobilização nacional voltada ao seguimento saúde. Tivemos a integração de quase 1,5 milhão de participantes. Nessa manifestação contamos com a participação de auxiliares e técnicos de enfermagem, enfermeiros, ACS’s, ACE’s, além de outros profissionais.
Atualmente os  Agentes de Saúde integram um verdadeiro exército, formado por mais de 323.000 trabalhadores/as. Cada um trabalha com uma média de 200 famílias. Somando a tudo isso, estamos num ano pré-eleitoral. No próximo ano teremos eleições para prefeitos e vereadores. Todos os partidos, inclusive o da Presidente Dilma, já estão mobilizados, na tentativa de eleger o maior número possível de candidatos. Agora, juntem estas duas “equações:” temos o potencial de sermos parte integrantes da sociedade que define quais políticos lhe representarão e, na outra extremidade, dessa “equação,” os partidos, interessados nos votos daquela sociedade.


Categoria otimista com a luta por melhores condições de trabalho

AGÊNCIA DO BRADESCO EM ALAGOA GRANDE FOI EXPLODIDA

Em Alagoa Grande agência do Banco Bradesco foi explodida na madrugada

  
banco
Agência do Banco explodida em Alagoa Grande (Foto: Blog do Cristiano Alves/Nordeste1)
Mais uma agência do Banco Bradesco foi explodida, desta vez o alvo dos bandidos foi a cidade de Alagoa Grande que fica na microrregião do brejo paraibano, a ação criminosa aconteceu por volta das 02h00 desta quarta-feira (4), testemunhas disseram que eram cerca de vinte assaltantes.
Segundo a Polícia Militar de Alagoa Grande, os criminosos estavam encapuzados em três veículos e fortemente armados.
Os policiais conseguiram encontrar uma dinamite que estava em frente a agência.
A polícia militar não descarta a hipótese de que esse grupo possa ser o mesmo que agiu nas cidades de Alagoinha (26) e Pilões (24).
Pelo menos seis policiais estavam de plantão no momento do assalto.
Um grande aparato policial está em diligências em Alagoa Grande e nas cidades vizinhas de Areia, Juarez Távora, Alagoinha, Mulungu e Gurinhém.
Um dos veículos usando na ação foi encontrado entre Mulungu e Gurinhém.







Fotos: Sátiro Coelho Ayres/COMANDO DO POVO

terça-feira, 3 de março de 2015

Morre Eudes Lemos Farias Filho mais conhecido por Eudinho


Eudes Lemos Farias Filho, mais conhecido por Eudinho, filho do professor Eudes Lemos, não resistiu aos ferimentos causados pelo acidente com uma moto, que a vitima pilotava na última sexta-feira (27/02) e morreu na tarde de hoje (03/03), por volta das 17:00h, no Hospital de Trauma, em João Pessoa.

Ela pilotava a sua moto quando um senhor numa Montana adentrou  a avenida Esperança, em Manaíra, e bateu na moto conduzida por Eudinho, que não teve tempo de evitar o acidente.

O jovem chegou a ser socorrido e levado para o Hospital de Trauma, porém, não resistiu e veio a falecer na tarde de hoje, terça-feira (02). O seu velório e sepultamento sera na cidade de João Pessoa.

Tromba d’água assusta banhistas em praia da grande Recife-PE


trombarecifeUm fenômeno conhecido por tromba d’água assustou moradores e banhistas da praia de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, na tarde deste domingo (1º). A formação da grande nuvem próxima ao mar se deslocou rapidamente, aos olhos da população incrédula. Muita gente sacou seus smartphones – na praia e nos prédios próximos – para registrar o fenômeno pouco registrado em praias do litoral pernambucano. Logo as imagens foram parar nas redes sociais.
Vários vídeos foram divulgados e compartilhados pelas redes sociais. As imagens foram enviadas para análise da meteorologista de plantão da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), Edvânia Santos. Ela confirmou se tratar de uma tromba d’água, fenômeno que ocorre apenas sobre a superfície da água, podendo ocorrer em mares, rios e lagos. A meteorologista também explicou que o surgimento deste fenômeno está ligado ao aparecimento de de nuvens de chuvas e ventos com fortes turbulências
Veja um dos vídeos enviados por internautas e também coletado nas redes sociais:
A tromba d’água surge na água, captura a umidade e vai em direção à terra. Apesar da aparência assustadora, ela não causa grande destruição. Enquanto tornados podem chegar a 200 km/h, trombas chegam a, no máximo, 80 Km/h.
De acordo com último relatório da Apac, nuvens oceânicas densas têm atingido o litoral no momento. As chuvas devem continuar até esta segunda-feira (2), pois a região está sendo atingida por dois sistemas climáticos: a Zona de Convergência Intertropical e o Vórtice Ciclônico de Altos Níveis, que está se deslocando em direção oeste.
O Corpo de Bombeiros não registrou feridos no momento do fenômeno.