segunda-feira, 22 de setembro de 2014

FALTA DE MANUTENÇÃO NO CAIC DE ALAGOA GRANDE

Escola Municipal de Alagoa Grande, o Caic está precisando de uma manutenção  veja as fotos tirada pelo Eletricista e blogueiro e Josinaldo Perreira.



O RISCO DE UMA CRIANÇA CAIR COM ESSA GALERIA ABERTA OU ATÉ MESMO QUALQUER PESSOA.










 



EXCLUSIVO: FOTOS DO ACIDENTE DE CUITEGI NA PB

Homem com mais de 60 anos bateu, eu um rapaz que fazia entregar de bujão de gás de cozinha na cidade de Cuitegi, as informações é que o condutor do veículo estava com suspeita de embriaguez. A Ambulância do Corpo de Bombeirose de Guarabira prestou o socorro.

FOTOS DE SÁTIRO COELHO AYRES







 POSTAGEM: SATIRO COELHO AYRES/ COMANDO DO POVO

Colisão envolvendo PM guarabirense deixa uma vítima fatal entre Rua Nova e Bananeiras/PB

Uma colisão entre um Corsa Sedan, que seguia no sentido Bananeiras a Rua Nova, e uma motocicleta que seguia no sentido contrário, deixou um homem morto e outro ferido, na rodovia que liga o Distrito de Rua Nova e a cidade de Bananeiras, na Região do Brejo paraibano.
O acidente aconteceu por volta das 20:00h deste domingo (21), e segundo o policiamento de trânsito do Posto da CPRV de Rua Nova, o Corsa era conduzido por um policial militar do Rio Grande, que reside no Bairro novo, em Guarabira, identificado apenas como Glauber.
Policiais disseram que há indícios que o condutor da moto teria invadido a contra-mão e colidido com o corsa. O motoqueiro sofreu fraturas múltiplas pelo corpo e morreu na hora. Outro homem que viajava na garupa da moto foi socorrido para o hospital em estado delicado. Ainda segundo a polícia, Glauber nada sofreu.
As vítimas que seguiam na moto ainda não foram identificados pela nossa equipe.


Na passagem da Caravana do Trabalho por Belém, prefeito critica Cássio: “a única obra dele é a mentira”

por Michele Marques

unnamed (1)O prefeito de Belém, Edgard Gama (PMDB), não poupou críticas ao ex-governador e candidato de oposição Cássio Cunha Lima (PSDB), neste domingo (21). Durante passagem da Caravana do Trabalho por seu município, liderada pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), o peemedebista disse que a única obra do tucano no Estado é a mentira.
“A única obra dele (Cássio) é a mentira. Ele prometeu muita coisa, como a restauração da PB-093 e não entregou. A obra está sendo entregue agora por Ricardo Coutinho. Você não encontra uma única obra de Cássio em nossa cidade, e a única coisa que ele tem feito em Belém e em toda a Paraíba é faltar com a verdade”, disparou Edgard.
O peemedebista ainda fez questão de elogiar a gestão de Ricardo Coutinho que, segundo ele, vem fazendo um governo atento aos problemas de todos os municípios paraibanos. “Ricardo é o melhor para a Paraíba porque tem feito por todos os municípios e não apenas por alguns. Ele olha a Paraíba por inteiro, e não pela metade, como faz o outro candidato”, finalizou.
A população de Belém tem se beneficiado com obras e ações da gestão de Ricardo que juntas somam mais de R$ 18 milhões, como a reforma e conclusão do ginásio da Escola Marcia Guedes de Carvalho, a aquisição de três ônibus escolares, a entrega de um laboratório de robótica e outro de matemática, além da instalação do Centro Social de Produção Familiar e do apoio à bovinocultura de leite na Associação dos Produtores.
A cidade ainda está sendo contemplada com a restauração da rodovia PB-073, entre Belém e a divisa da Paraíba com o Rio Grande do Norte, e da PB-089, entre Belém, Caiçara e Logradouro. O governo de Ricardo investe também na construção da adutora Pirpirituba-Belém e no desenvolvimento da bacia leiteira do Agreste, Brejo e Curimataú.
Pelo Pacto Social, Belém receberá a urbanização da Avenida Central-Giradouro (Rua Nova), uma ambulância, a construção de uma escola municipal e a reforma e ampliação de outras duas.

RICARDO A LUCÉLIO: É APOIO PARA TINIR, MESMO?

Por Sérgio Botêlho

ricardolucelio
Enquanto importantes aliados do governador Ricardo Coutinho (PSB) negam-se a apoiar a candidatura ao Senado de Lucélio Cartaxo (PT), cresce a desconfiança entre petistas de que o apoio socialista não seria mesmo para valer.
Neste domingo, conversei, ao telefone, com um desses desconfiados militantes do PT, com certo de grau de influência nas hostes partidárias, daqueles que não se conformam com a aliança entre PT e PSB no estado.
A visão do interlocutor reforça a tese de que o PT estaria apenas servindo de bucha para o canhão socialista, que busca derrotar a forte candidatura do PSDB local, na figura do senador Cássio da Cunha Lima.
Para consolidar sua tese, o revoltado petista soma à revoada de lideranças socialistas para candidaturas de adversários de Lucélio, o fato de o irmão do prefeito pessoense continuar bem aquém do patamar eleitoral em que se encontra Ricardo Coutinho.
Para ele, não há interesse algum em Ricardo no fortalecimento dos irmãos Cartaxo, e do próprio PT, no caso, com a eleição de Lucélio. E usa um velho ditado espanhol para ilustrar seu pensamento: crie corvos e eles te furarão os olhos.
Segundo raciocina o petista, com anos e anos de militância, a aliança entre PT e PSB, além do mais, vem prejudicando enormemente o palanque de Dilma no estado, incorporado e reconhecido pela direção nacional do partido como sendo o do PMDB.
Basta ver, diz ele, o que fez recentemente Coutinho, na visita ao estado de sua candidata nacional, Marina Silva, adversária principal de Dilma, neste momento, quando desancou a candidatura nacional petista, para, horas depois, receber o apoio, em carreata, do PT paraibano.
Para o dito cujo, a rebeldia petista no estado, única, nacionalmente, na dimensão que tomou, marca forte contradição com os interesses partidários na luta que o PT enfrenta a nível nacional para reconduzir Dilma à Presidência da República.
Ainda mais quando se sabe, prevê ele, que Ricardo avançará, inapelavelmente, contra o PT, já  nas eleições de 2016, qualquer que seja o resultado das eleições estaduais desse ano, especialmente na disputa pela prefeitura pessoense.
E, em tom de profundo lamento, ele conclui: é um dos momentos de maior infelicidade este que estamos vivendo agora, em 2014, na história do PT paraibano, quando o partido rompeu com as orientações nacionais para se agarrar com um de seus mais contundentes adversários, no estado.
É confusão!
- See more at: http://www.polemicaparaiba.com.br/polemicas/ricardo-lucelio-e-apoio-para-tinir-mesmo/#more-116697

Primeira dama quebra silêncio e posta desabafo sobre invasão de privacidade


Primeira dama quebra silêncio e posta desabafo sobre invasão de privacidade


Primeira dama Pâmela Bório quebra silêncio, posta desabafo sobre invasão de privacidade e revela existência de escutas na Granja Santana 

Após ter o nome envolvido em mais uma polêmica, a primeira dama do Governo da Paraíba, jornalista Pâmela Bório resolveu usar a sua conta no instagran, neste sábado (20), para quebrar o silêncio sobre o propagado vídeo de uma discussão familiar entre ela e o marido, o governador Ricardo Coutinho (PSB), que disputa à reeleição.

O desabafo aconteceu logo após que uma revista de repercussão nacional publicou uma nota sobre o famoso vídeo e, ainda por cima, apontou a primeira dama como a principal suspeita de ter divulgado a discussão com o marido.

Diz a nota: “A mulher do governador e candidato à reeleição Ricardo Coutinho é apontada como suspeita de tramar contra o próprio marido por ter divulgado uma gravação de um perrengue entre os dois”.

Indignada, Pâmela se disse estarrecida com a exploração de um episódio familiar e adianta que as providencias judiciais já foram tomadas, para que os que invadiram sua privacidade sejam punidos.

O desabafo gerou várias curtidas e comentários. Ela lembra que há câmeras por toda parte da casa, mas em uma das respostas, no entanto, Pâmela revela que foram flagradas escutas no criado mudo da Granja Santana, fato que até agora ainda não havia sido divulgado.

Após a revelação, ela volta a alertar que as providências já foram tomadas e que os responsáveis irão responder judicialmente. 

“Só vim falar agora porque não aguento tanta sordidez, em que nos deslocam da nossa condição de vitima. Mas já tinha dado entrada na justiça para saber do vazamento do vídeo”, postou ela.




CONFIRA A POSTAGEM NO INSTAGRAM, NA ÍNTEGRA

Estarrecida com um cenário eleitoreiro perverso, venho a público expressar minha profunda indignação pela tamanha maledicência com que têm nos golpeado. Sim, acima de posicionamentos partidários, o que está em questão é o desrespeito, principalmente, a uma instituição que representa a base social: a família. 

Estou aqui movida por uma perplexidade inexplicável e instigada pelo mais profundo sentimento de injustiça diante de tantos fatos graves que têm acontecido na busca desenfreada pelo poder, entre eles, a infâmia e o atentado violento à privacidade, um direito salvaguardado pela Constituição. 

Com muita dificuldade, tentei manter certo distanciamento dos embates entre os candidatos às eleições a fim de me preservar enquanto cidadã e jornalista, tendo mantido o foco no desempenho dos meus misteres, incluindo o voluntariado ou os trabalhos na função de primeira-dama do Estado. Mas não pude continuar alheia às questões políticas em que fui inserida e ainda envolveram o nosso filho, numa ação orquestrada com uso de calúnias ou de assuntos estritamente pessoais em campanha eleitoral. 

A quem pode interessar criar ou expor crise familiar de forma indiscriminada? A resposta é óbvia. Se o objetivo foi desviar de uma repercussão anterior, provou-se apenas que não medem esforços para atingir determinado fim, utilizando até meios sórdidos como a divulgação de mídia privada. 

A quem pode interessar a criação de factóides sem qualquer consistência lógica? Como e quem pode ser responsabilizado? Ser fonte pagadora de blogueiros e colunistas que disseminaram a maldade já comprova a intenção da ação vil, que ainda possui o agravante de deslocar a vítima à condição de algoz num desvirtuamento da verdade e numa atitude covarde ao se aproveitar desse tipo de situação, demonstrando ausência de qualquer sentimento de comiseração. 

Independente de motivações, trata-se de prática reprovável em todos os contextos, uma subestimação ao senso crítico comum, à inteligência coletiva. Assim, tendo em vista os últimos acontecimentos, processos judiciais, cíveis e criminais estão sendo movidos para que todos os responsáveis pelas injúrias sejam punidos por cada violação de direito constitucional.



PB Agora 

Grupo suspeito de assaltos na Grande João Pessoa é detido pela Polícia Militar


De acordo com o major Pablo Cunha, comandante do 6ª CIPM de Cabedelo, o grupo foi pego após roubar o carro de uma mulher

Polícia | Em 21/09/14 às 10h17, atualizado em 21/09/14 às 11h23 | Por Hyldo Pereira
Reprodulção/ Major Pablo
Grupo detido suspeito de assaltos
Um grupo suspeito de assaltos a mão armada foi detido na noite desse sábado (20), na praia de Miramar, na cidade de Cabedelo, em João Pessoa. Entre detidos está um menor de 16 anos, que estava em liberdade recentemente depois de cumprir medida socioeducativa no Centro Educacional do Adolescente (CEA), na Capital paraibana.
De acordo com o major Pablo Cunha, comandante do 6ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) de Cabedelo, o grupo foi pego após roubar o carro de uma mulher. “São três ex-presidiários e um menor que vinham praticando assaltos. Eles renderam a mulher e levaram dela o veículo, um Fiat Pálio Branco, e objetos pessoais”.
A vítima comunicou o caso a Polícia Militar e uma guarnição da Força Tática da 6ª CIPM fez o cerco e deteve os suspeitos. Todos foram reconhecidos pela jovem. Com eles os policiais apreenderam uma arma de brinquedo, uma pistola, celulares e joias.
“Eles confessaram o crime. Inclusive, o menor foi detido na sexta (19) após tentar assalta a filha de um coronel reformado da PM. Além do adolescente, foram presos Carlos Eduardo Silva dos Santos, 21 anos, que responde por posse de droga e conduzia o carro da vítima, Santos Junior, 20, cumpriu pena por assalto em Natal e na Paraíba e assumiu ser dono da arma e objetos, e Kennedy do Nascimento Cardoso, 21 anos, responder por posse de drogas”, revelou o major. 
Eles foram levados para a 7ª Delegacia Distrital. Segundo o major, os jovens serão levados para o Presídio do Roger, na Capital, e adolescente para o CEA. Os ex-presidiários vão responder por assalto e aliciamento de menor.